Casa Sustentável — 5 itens inegociáveis para você ter a sua

Tempo de leitura: 4 minutos

Em um mundo cada vez mais tecnológico, perceber que a sustentabilidade vem ganhando a atenção das pessoas é algo importante. Quando falamos nas tendências de decoração de interiores para o próximo ano, por exemplo, já podemos analisar o quanto a natureza vem se destacando.

Mas esse conceito não precisa ficar somente na parte estética, uma vez que também é de grande valia para as futuras gerações. Afinal, você sabia que ter uma casa sustentável pode ser uma ótima opção para ajudar a cuidar do meio ambiente?

Com o intuito de incentivá-lo a colocar em prática atitudes sustentáveis para o seu lar, separamos neste post 5 itens fundamentais. Continue lendo e confira!

1. Poupe e cultive a natureza

De nada adianta querermos mudar o mundo e não repensarmos nossas atitudes, certo?

Poupar a natureza e reduzir nosso consumo diário pode ser um pontapé inicial! Então, repense suas escolhas e poupe a natureza, optando por produtos sustentáveis e que aproveitem ao máximo o que ela tem a oferecer, sem prejudicá-la.

Você pode criar a sua própria horta dentro de casa, ou espalhar plantas pelo quintal e sacada. Pense que, quando a natureza está presente no ambiente, o ar se torna mais leve e sem tantos poluentes.

Além disso, o consumo de produtos orgânicos é bom para a sua saúde e evita a emissão de gases e produtos tóxicos ou não biodegradáveis no meio ambiente.

2. Diminua o consumo de energia

No seu dia a dia, faça uma troca simples: em vez de ligar as luzes, abra as janelas e deixe a luz natural circular pela casa. Utilize a energia elétrica somente quando necessário, mas, ainda assim, de forma consciente. Retire os aparelhos da tomada quando não estão sendo usados e se permita viver com menos gastos.

Trocar as lâmpadas comuns pelas fluorescentes ou de LED também é uma ótima opção! Outra forma de economizar é verificando o consumo de eletrônicos e eletrodomésticos. Sempre invista em produtos com o selo Procel. Dê preferência aos que se encaixam na categoria A, pois são aparelhos que consomem menos energia e colaboram com uma vida mais sustentável.

3. Instale coletores solares e placas fotovoltaicas

Uma maneira eficiente de aproveitar ao máximo a natureza é captar a luz solar para transformá-la em energia.

Há duas formas de fazer isso: os coletores solares servem para gerar energia térmica, e as placas fotovoltaicas auxiliam na corrente elétrica. Assim, enquanto os coletores ajudam no aquecimento da água do chuveiro, por exemplo, as placas levam energia para os eletrodomésticos.

Entretanto, vale lembrar que essa última opção necessita de um conversor nos ambientes em que se quer utilizar o sistema, já que ele transforma a corrente alternada das tomadas para em contínua.

4. Reaproveite e reduza o consumo de água

A reutilização de água residual também pode ser um sinal de mudanças sustentáveis.

No lugar de gastarmos água para fins corriqueiros, como regar as plantas ou lavar o carro, podemos utilizar a água residual de máquinas de lavar ou até da água da chuva. Isso evita que gastemos o recurso de forma desnecessária, prezando pela sua existência.

Outra atitude favorável é instalar calhas coletoras na sua casa para que a água da chuva seja recolhida por meio de reservatórios específicos. Com esses reservatórios, depois de filtrada e limpa, a água abastece torneiras e descargas, por exemplo.

5. Faça escolhas sustentáveis

Se você está construindo ou reformando o seu lar, também pode optar por escolher materiais ecológicos. Lembre-se do concreto reciclado, do uso de madeiras certificadas, das janelas amplas, das tonalidades claras e de objetos que controlam o consumo de recursos naturais, como o arejador de torneira e a descarga de duplo acionamento.

Aliás, até mesmo as plantas podem ajudar nesse quesito, como quando colocadas no telhado, servindo como um isolante térmico natural.

Não se esqueça também de sempre verificar a responsabilidade ambiental e social dos fabricantes, para incentivar e compartilhar atitudes sustentáveis. Afinal, além de fazermos mudanças em nossa casa, também é preciso pensar diferente.

Enfim, evite o desperdício e foque no reaproveitamento de tudo o que você consome!

E agora, se gostou deste post e quiser ler mais dicas para ter uma casa sustentável, continue acompanhando nossos artigos! Para dar o primeiro passo ecologicamente responsável, confira nosso texto sobre como captar água da chuva.