Descubra agora como gerar energia eólica na sua casa

Tempo de leitura: 4 minutos

Consciência ambiental — uma questão que deve pautar o nosso dia a dia. Dito isso, ao reformar ou construir, é preciso incorporar a sustentabilidade ao imóvel. É importante, por exemplo, saber como gerar energia utilizando fontes renováveis, ou então, como captar e armazenar água da chuva.

A força dos ventos é usada há tempos em moinhos para triturar grãos e em outros trabalhos mecânicos, como o bombeamento de água.

Uma solução moderna e sustentável de aproveitamento dessa força é a produção de energia eólica (energia cinética contida no vento).

Utilizando-se equipamentos próprios, as massas de ar podem ser usadas para gerar energia elétrica por indução eletromagnética.

E, no Brasil, onde muitas regiões recebem ventos abundantes, esse método é uma excelente alternativa para produção da chamada energia limpa.

Quer saber como produzir energia eólica na sua casa? Confira, então, as informações que separamos para você!

O método para gerar energia eólica em casa

Em abril de 2012, a resolução nº 482 da Agência Nacional de Energia Elétrica definiu as potências dos micros e dos minigeradores de energia eólica e permitiu a sua distribuição pela rede local. Essa medida é um incentivo à produção caseira dessa energia.

O bom é que é possível vender o excedente à concessionária.

O interessado nessa demanda deve submeter um projeto à aprovação da distribuidora. Após a aprovação desse projeto, será necessário instalar os equipamentos, incluindo um medidor próprio que registrará a entrada e a saída de energia.

Os custos desse processo serão de responsabilidade do cliente.

Confira os equipamentos necessários e a metodologia utilizada na produção e distribuição da energia eólica em casa:

  • pás — fazem parte do aerogerador (hélice utilizada para transformar energia eólica em energia elétrica) e funcionam pela ação de ventos fortes e contínuos;
  • rotor — peça da turbina usada para movimentar um gerador elétrico por meio da transformação da energia cinética dos ventos em energia mecânica, girando em torno do seu próprio eixo;
  • baterias — sistema necessário ao armazenamento de parte da energia produzida, ele fica desconectado da rede pública, garantindo reserva energética para evitar apagões;
  • rede pública — para distribuir energia para a rede pública, é preciso seguir as exigências técnicas adotadas pela concessionária, a fim de garantir a segurança e a proteção do sistema distribuidor;
  • consumo: o medidor mostrará a geração de energia em Kw/h e o saldo será demonstrado na nota fiscal. Caso ele seja positivo, será concedido um crédito, válido para qualquer imóvel em nome do titular da conta, dentro da área de concessão e pelo período de 36 meses.

Vale lembrar que tanto o projeto quanto a instalação dos equipamentos precisam garantir a segurança e a eficiência do serviço.

Sendo assim, a escolha do local para a instalação dos aerogeradores, do tipo e do tamanho desses equipamentos, assim como o passo a passo da instalação do sistema devem ser feitos por um profissional devidamente qualificado.

Os benefícios da energia eólica

Veja alguns benefícios do investimento em um sistema de energia eólica:

  • geração de energia renovável, aproveitando a força inesgotável dos ventos;
  • diminuição e até extinção dos gastos com energia elétrica convencional;
  • colaboração na preservação do meio ambiente, potencializada pela não emissão de gases que provocam o efeito estufa e a não geração de resíduos poluentes.

Agora que você conhece um pouco mais sobre a produção de energia eólica, pode estudar a possibilidade de adotar esse sistema em sua residência.

E, para incrementar ainda mais a sustentabilidade e a economia nas despesas da casa, vale a pena investir também em um projeto eficiente e especializado que promova o reaproveitamento da água pluvial em várias atividades do imóvel.

Outra boa opção é o uso da arquitetura para um melhor aproveitamento dos fatores naturais a fim de otimizar a iluminação e a climatização do ambiente.

Dessa forma, além de linda e sustentável, a sua residência vai ficar moderna, confortável e convidativa. Tudo isso, certamente, elevará o valor da casa e a qualidade de vida da família.

Gostou das nossas informações de como gerar energia eólica e quer saber mais sobre sustentabilidade em imóveis? Então, confira também o nosso post sobre casa sustentável e conheça mais soluções!