5 dicas para melhorar a gestão do condomínio

Tempo de leitura: 3 minutos

Para fazer uma boa gestão do condomínio, o síndico precisa exercer diversas funções diárias.

Entre elas, podemos citar a de líder, de administrador, de intermediador de conflitos e, até mesmo, de interlocutor comunitário.

E para que todas essas atividades sejam feitas com êxito, listamos abaixo 5 dicas que melhorarão ainda mais a performance desse profissional.

Leia agora e coloque todas elas em prática já!

1. Seja organizado

Para que a gestão do condomínio seja feita da melhor maneira possível é imprescindível que o síndico seja bastante organizado.

Algumas atividades essenciais para que o condomínio funcione corretamente são:

  • Saber exatamente as datas de pagamentos e recebimentos;
  • Ter todos os arquivos armazenados corretamente;
  • Desenvolver uma rotina de fiscalização.

2. Tenha uma boa comunicação

Para que a dinâmica do condomínio seja a melhor é preciso que o síndico saiba comunicar com clareza e previsão todas as informações referentes à administração e ao bom convívio dos moradores.

E além de saber transmitir corretamente todas as mensagens, é fundamental desenvolver canais de comunicação para que elas possam chegar a todos no tempo certo.

Murais nos corredores, cartas, e-mails e mensagens de celular são algumas das opções que devem ser consideradas para que a comunicação possa fluir corretamente.

3. Reduza custos

Esteja sempre atento a tudo o que pode ser feito para melhorar ainda mais a rotina e as contas do condomínio.

Para isso podem ser considerados tanto a otimização de serviços:

  • de limpeza e de portaria, por exemplo;

Quanto a aquisição de sistemas que propiciem a redução das contas do condomínio.

Estar atento a todas as possibilidades que garantem redução de custos é uma das funções mais importantes daquele que faz a gestão do condomínio.

4. Ouça os moradores

Para que o espaço residencial seja agradável e proporcione uma boa qualidade de vida aos moradores é importante que o síndico esteja aberto a ouvir o que todos têm a dizer.

Seja nas reuniões ou  seja por meio dos canais de comunicação.

É fundamental que esse administrador dê espaço para:

  • os feedbacks,
  • as reclamações,
  • e as sugestões.

Ouvir o que todos têm a dizer pode trazer melhorias e ações estratégicas que contribuirão, ainda mais, para uma gestão eficiente — e até mesmo para o bom relacionamento dos condôminos.

5. Faça a prestação de contas

É impossível falar sobre gestão sem deixar claro quais são os números envolvidos nessa atividade.

E em um condomínio eles dizem respeito à prestação de contas de todos os pagamentos, recebimentos e saldos.

Informar os moradores e proprietários sobre todo o planejamento financeiro é uma ação primordial para que haja transparência e agilidade na administração do espaço.

E para fazer a prestação de contas é fundamental ter um sistema contábil, emitir relatórios mensais e divulga-los a todos.

Fazer a gestão do condomínio não é tarefa difícil, mas requer bastante dedicação e empenho dos responsáveis.

E se você é uma dessas pessoas, compartilhe na caixa de mensagens abaixo a sua experiência com esse tipo de administração.