Conheça os principais tipos de sistema de captação de água da chuva

Tempo de leitura: 6 minutos

Sistema de Captação de água da Chuva, — quem nunca ouviu falar dessa moderna e vantajosa solução? Afinal, além de incrementar a sustentabilidade no planeta, ela ainda agrega economia a residências, empresas e condomínios!

As formas de captação da água da chuva são variadas, e se adaptam aos mais diversos ambientes e necessidades, possibilitando que você torne sua propriedade sustentável e economize na conta de água.

Quer conhecer os principais tipos de sistemas de captação de água da chuva? Então, confira as informações que separamos para você!

Por que captar água da chuva?

Atualmente, vivemos uma crise ambiental mundial que se expressa, também, em uma crise hídrica. E, a escassez de água também é uma realidade no Brasil. Por isso, otimizar o uso desse recurso é fundamental para garantir a sustentabilidade do nosso planeta.

A captação da água da chuva não traz apenas vantagens ambientais, mas também econômicas! Veja os principais motivos para fazer esse investimento:

  • evita o desperdício da água retirada dos mananciais naturais;
  • diminui consideravelmente o valor da conta de água, pois a água pluvial pode ser usada em inúmeras atividades de casas e empresas;
  • ajuda a conter enchentes nas grandes cidades, afinal, a água captada deixa de escoar para as ruas;
  • promove segurança hídrica em tempos de racionamento, já que a água reservada vai substituir a potável na limpeza geral do imóvel;

Para saber mais sobre cada um desses pontos, clique aqui.

Principais sistemas de captação de água da chuva

A escolha do sistema ideal para você vai depender das suas necessidades, das dimensões do terreno e do espaço disponível em sua propriedade.

Conheça os principais sistemas de captação da água pluvial!

Cisterna enterrada de alvenaria

Muito usado no interior do país, esse modelo de reservatório de água também está sendo escolhido por indústrias. Isso porque quando são construídos antes do imóvel, podem ficar no subsolo, otimizando o espaço.

Além disso, os reservatórios construídos no subsolo podem ter dimensões maiores, o que permite o armazenamento de uma quantidade de água maior que os outros tipos de cisterna.

As cisternas de alvenaria podem ser construídas em concreto armado, ou com alvenaria mista com tijolos e argamassa. Ambas requerem manutenção para prevenir fissuras e uma eficiente impermeabilização, a fim de evitar vazamentos e infiltrações que possam comprometer o solo e a qualidade da água.

Cisterna enterrada de plástico

Essas cisternas não podem entrar em contato com o lençol freático e o local onde são enterradas não pode receber sobrecarga ou tráfego pesado.

Sendo assim, ela é mais apropriada para novas residências, cujas obras de construção foram pensadas para receber esse sistema com segurança.

Elas podem armazenar uma boa quantidade de água – em residências se aconselha o mínimo de 5 mil litros, e não podem ficar expostas às intempéries da natureza.

Cisternas de placas pré-moldadas semi-enterradas

Esse modelo de reservatório é instalado com anéis pré-fabricados de concreto. Ela deve possuir pontos para a instalação da rede hidráulica e ainda permitirem o acesso interno para manutenção.

O material usado na fabricação dessas cisternas deve ser resistente o bastante para conter a água armazenada por um longo tempo. Elas ficam enterradas cerca de dois terços no solo.

Cisterna vertical de plástico (modular)

Disponíveis em vários modelos e tamanhos, a cisterna vertical são adequadas para condomínios e residências já construídos.

cisterna-vertical

Por serem modulares, se adaptam à necessidade da propriedade e se for preciso, outras peças podem ser anexadas no local. Cada módulo pode armazenar até mil litros de água.

Atualmente, existem modelos com design bonito, que podem incrementar o visual do ambiente dialogando com a paisagem e a arquitetura.

Uma grande vantagem desse modelo de reservatório é que ele não precisa ser enterrado, agregando facilidade de instalação e economia na mão de obra.

As peças de boa qualidade recebem aditivos durante a fabricação para torná-las mais duráveis e resistentes a microrganismos, como as bactérias.

Requisitos o sistema de captação de água da chuva deve obedecer?

É importante destacar que seja qual for o tipo de cisterna escolhido, ele deve preencher os seguintes requisitos:

  • evitar a variação da temperatura em seu interior;
  • garantir a integridade da estrutura, mesmo quando estiver vazia;
  • ser feita de material impermeável ou possuir revestimentos que impeçam vazamentos.

Antes de chegar ao reservatório, a água da chuva deve passar por estruturas, como filtros, calhas e outros elementos. Dessa forma, o sistema de captação funcionará de forma adequada, garantindo os resultados esperados.

Funcionamento de um sistema de captação de água da chuva eficiente

  • A água cai no telhado e escorre para uma calha coletora;
  • ao sair do coletor essa água passa por um filtro simples, como tela metálica ou grade, onde ficarão retidos galhos, folhas e outras partículas maiores de sujeira;
  • a água passa então, por um filtro fino a fim de eliminar a sujeira fina, como partículas de areia ou algum resíduo orgânico, que possa se decompor e contaminá-la.
  • em seguida o líquido vai para um reservatório exclusivo para água pluvial, onde recebe produtos químicos como cloro ou ozônio;
  • o reservatório para o armazenamento dessa água deve ser fechado e protegido do sol a fim de evitar a proliferação de algas e microrganismos;
  • desse reservatório a água é distribuída para os locais de uso, como as torneiras do quintal e das áreas de serviço e as descargas dos sanitários.

E o seu sistema de captação de água da chuva?

Como você viu, captar água da chuva para usar em atividades que não exijam água potável é uma possibilidade viável e que garante uma série de vantagens ambientais e econômicas.

O bom é que existem várias possibilidades para a implementação de um bom sistema de captação de água da chuva. Assim, escolas, empresas comerciais, condomínios ou até mesmo pequenas residências podem usufruir dos benefícios e da alegria de viver de forma sustentável.

Pense a respeito disso e não se esqueça de que procurar uma empresa séria e especializada para fazer um serviço de qualidade faz toda a diferença. Fazendo isso, você estará garantindo a sua satisfação total.

Aposte nessa solução e, certamente, você verá que o custo-benefício desse investimento vale muito a pena. Sem contar que todos vão ver o quanto você é uma pessoa antenada e engajada na causa ambiental!

Gostou das nossas informações e quer saber tudo sobre o sistema de captação de água da chuva? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades!

obra sustentável