Dicas valiosas para fazer o tratamento de esgoto de forma adequada

Tempo de leitura: 3 minutos

Desperdício, crise hídrica e poluição de rios e oceanos são temas muito recorrentes nos dias de hoje. Economizar a água e tratar o esgoto doméstico ajudam bastante a preservar o meio ambiente.

Você está pensando em reformar sua casa utilizando práticas sustentáveis? Confira agora nossas dicas de como planejar sua obra, reaproveitar a água da chuva e fazer o tratamento de esgoto da residência de forma ecológica!

Reaproveite a água da chuva na sua casa

Você sabia que conectar a chuva que passa pela sua casa à rede pública de esgoto sobrecarrega a drenagem e pode causar grandes enchentes? O ideal é reaproveitá-la em situações domésticas, que não exijam que a água seja potável.

Você será capaz de regar suas plantas, lavar as louças e utilizá-la para dar descarga. Isso tudo, além de preservar o meio ambiente, ajuda na redução da sua conta!

Para isso, você deve conectar a água que passa pelas calhas do telhado a uma boa cisterna. Essa é uma das mais eficazes alternativas para economia doméstica e pode ser instalada em todo tipo de moradia.

cisterna funciona basicamente captando a água das calhas e filtrando impurezas como folhas, pedaços de galhos e outras partículas sólidas que são depositadas no seu fundo.

Utilize uma miniestação de tratamento de esgoto

O tratamento de esgoto por meio de uma miniestação é uma maneira correta e eficaz de reaproveitar a água doméstica. Além disso, é uma ótima solução aos problemas de crise hídrica e saúde pública.

A água tratada por meio dessa alternativa também pode ser reaproveitada em tarefas diárias, como jardinagem. Mas, lembre-se: ela não é potável!

Utilizam-se processos biológicos de baixo custo nesse tipo de procedimento. Eles transformam os dejetos da água, que seriam despejados no esgoto, em biogás, preservando o meio ambiente.

O primeiro passo para realizar a instalação da obra é identificar a localização do tubo de esgoto da pia (no caso, da caixa de gordura) e do esgoto sobressalente da casa (caixa de inspeção). Uma boa ideia é consultar a planta baixa da rede hidráulica e conversar com o engenheiro que realizou o projeto.

Realize uma obra de tratamento de esgoto

Planejar sua reforma com consciência evita imprevistos durante a obra, além de economizar dinheiro. Veja nossas dicas:

  • Primeiramente, busque referências do que você deseja e crie um rascunho de ideias.
  • Consulte sempre a companhia de saneamento da sua cidade. Ela costuma ter regulamentos específicos sobre o tratamento de esgoto doméstico, além de indicar bons profissionais para sua obra.
  • Estime os preços da reforma pensando na mão de obra e nos materiais necessários para o projeto.
  • Faça uso de marcas de qualidade e contrate profissionais qualificados. Isso evita situações inconvenientes.
  • Preocupe-se sempre em manter o lugar das instalações bem isolado e arejado, evitando mau cheiro na sua casa.

Apesar de parecer complicado de primeira, manter o tratamento de esgoto na sua casa é fácil, barato e traz muitos benefícios ao meio ambiente. Não deixe sua residência sem esse cuidado!

Gostou do post? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe seu comentário aqui no post!